Corbélia, domingo, 27 de setembro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Região

28/07/2017 | Concebido por Campo Mourão

Ação do Ministério Público acusa perseguição a Food Truck na cidade de Campo Mourão

Ação do Ministério Público acusa perseguição a Food Truck na cidade de Campo Mourão

O Ministério Público entrou com ação por improbidade administrativa contra o secretário Beto Pequito (Fazenda). Motivo? Perseguição política a Fábio Danielli, que pretendia organizar um festival de food truck na praça São José.

Para o MP, Pequito extrapolou suas funções, uma vez o caso era de atribuição exclusiva do Desenvolvimento Econômico. A ação diz que o secretário distorceu a aplicação das normas para impedir o evento.

A promotoria também estranhou que o caso tenha sido levado para análise da comissão criada para analisar gastos da prefeirtura. 
.

Para relembrar

O Festival de Food Truck seria realizado de 20 a 23 de abril. A Secretaria de Desenvolvimento Econômico pediu R$ 4,5 mil pelo uso da praça, valor que foi elevado para R$ 8,5 mil após parecer da Secretaria de Fazenda. A organização alegou que o aumento inviabilizou o evento, que em edições anteriores tinha pago R$ 2,4 mil para uso da praça.

 

PUBLICIDADE

Fonte: CAMPO MOURÃO | CIDADE PORTAL | BOCA SANTA

OPINE!

CIDADE PORTAL
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.

Desenvolvido por Cidade Portal