Corbélia, domingo, 27 de setembro de 2020 ESCOLHA SUA CIDADE

Paraná

22/03/2018 | Concebido por Goioerê

Adiado júri popular de ex-policial acusado de matar comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar de Curitiba

Adiado júri popular de ex-policial acusado de matar comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar de Curitiba

O Ministério Público do Paraná informa que, por renúncia do advogado de defesa, foi adiado o julgamento do ex-policial militar acusado de matar o major Pedro Plocharski. O júri popular seria realizado nesta quinta-feira, 22 de março, em Curitiba, e ainda não foi remarcado.

Na época do crime, o major exercia interinamente o cargo de comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, sediado no Capão Raso, na capital. Segundo as investigações do Ministério Público, o réu, que na época deveria cumprir pena na Colônia Penal Agrícola em regime semiaberto, teria efetuado os disparos contra a vítima. Outro ex-policial militar estaria dirigindo o veículo utilizado para a prática do crime. Este, apesar de estar em liberdade, respondia a processos na Justiça e foi morto em confronto com a polícia civil, em janeiro de 2012.

 

PUBLICIDADE

Fonte: GOIOERÊ | CIDADE PORTAL | MP/PR

OPINE!

CIDADE PORTAL
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso.

Desenvolvido por Cidade Portal